nutrição e gravidezA gravidez ensina você a ser mais responsável e a cuidar melhor de si mesma, especialmente com respeito à dieta e a  nutrição na gravidez.

No período de gravidez, o seu bebê que você está gerando, com a sua carne e o  seu sangue, é ainda parte do seu corpo e para isso você precisa ingerir mais nutrição.

Durante a gravidez, as necessidades nutricionais são aumentadas, tanto para apoiar o rápido crescimento do feto e quanto para complementar as necessidades da sua mudança de estrutura corporal.

Ao planejar a dieta em sua gravidez você deve ter em mente que você é a única fonte de alimentação para o seu bebé e deve suprir as necessidades nutricionais de cada um.

Seus hábitos alimentares irão decidir se o seu bebê terá saúde e o bem-estar adequados.

Uma alimentação pobre ou insalubre podem afetar adversamente a gravidez e resultar em doenças como a anemia, pré-eclâmpsia, alterações de humor, fadiga, cãibras nas pernas, prisão de ventre, etc.

Celebre sua gravidez com uma dieta saudável

Durante a gravidez, cada mordida em um alimento conta. Tudo o que uma mãe grávida come ou odeia comer, afeta a sua criança.

De acordo com uma recente pesquisa, além do desenvolvimento físico, a inteligência de uma criança e sua faculdade mental depende muito do tipo de dieta e nutrição que a mãe mantém durante a gravidez.

No primeiro trimestre de gravidez, não são necessárias calorias extras. No entanto, a mulher precisa  ter uma dieta alta em proteína, cálcio, vitaminas, tais como as Vitaminas B12, B6, vitamina D, ferro, zinco e ácido fólico (provou-se depois de inúmeras pesquisas que, mesmo um simples comprimido de ácido fólico previne problemas neurológicos graves do cérebro e transtornos da medula espinhal ).

Além disso, minerais, ácidos graxos essenciais e calorias de qualidade são importantes para o desenvolvimento integral do feto e, portanto, devem ser componentes essenciais da dieta na gravidez e no plano de nutrição.

Conforme o período de gravidez avança, deve-se começar a comer mais proteínas. Uma mulher grávida precisa de cerca de 300 calorias a mais do que o normal durante os últimos 6 meses de gravidez.

Nos primeiros três meses de gravidez, o ganho de peso deve ser de 3 a 5 quilos por mês, mas nos últimos 6 meses. A sua dieta e nutrição na gravidez,  deve ser projetada de acordo com estes ganhos de peso aceitáveis.

Alimentos para inserir em sua dieta

Você deve incluir alimentos frescos, leves, saudáveis e de ricos em fibras em sua dieta na gravidez, em forma de mingau (minerais e fibras naturais); laticínios (de cálcio); legumes ricos em betacarotenos, como cenoura e tomate; alimentos nas cores vermelho e laranja, frutas como maçãs e laranjas (vitamina do complexo B). Nozes, amêndoas e passas (vitaminas e minerais); vegetais folhosos como couve, espinafre, brócolis (cálcio e ferro); arroz integral, açúcar mascavo, brotos, lentilha e feijões (proteína), coalhada, soro de leite, e, claro, a abundância de leite (cálcio) estes são importantes ingredientes da dieta na gravidez.

Durante o período de gravidez, faça cinco pequenas refeições por dia em vez de apenas três refeições pesadas. Também, reduza a ingestão de gordura, açúcar e sal. Não passe a comer demais durante a gravidez, porque se você comer muito você vai se sentir desconfortável.

Um mantra básico para manter-se saudável é beber muita água (vai evitar a desidratação e lavar as toxinas do corpo, assim que você acordar de manhã, e após a sesta ajuda a limpar seu sistema digestivo. Você pode estar com medo de que você pode vomitar se você beber mais água quando você tem náuseas, o que é normal na gravidez, mas o fato é que a água ajuda a eliminar as toxinas do seu corpo.

Durante a gravidez, evite junk food, porque elas apenas lhe darão calorias vazias (e quilos a mais), sem os benefícios nutricionais dos alimentos mais saudáveis, também, evite cafeína e álcool, gorduras, alimentos gordurosos, aditivos e alimentos não-pasteurizado.

Além de uma alimentação saudável você deve fazer yoga e outros exercícios leves com acompanhamento de seu médico.

Por último, mas não menos importante, tente permanecer livre de estresse, meditar neste período da sua gravidez aumenta a sua conectividade com o todo-Poderoso. Isso definitivamente vai trazer a você e seu bebê energias positivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *